Para que padrinhos?

Madrinha com Bouquet e Padrinho com Alianças
Madrinha com Bouquet e Padrinho com Alianças

Olá, pessoa! Prepare-se que o post hoje é gigante e bem didático. Juro que não está chato de ler, ao menos, eu acho que não KKKK!

Para alguns, eles são pessoas queridas que se quer homenagear; para outros, casais que sirvam de modelo e inspiração para vida de casados; e tem também os que querem por perto pessoas que foram importantes durante o namoro e o noivado. A verdade é que por um motivo ou outro, a escolha dos padrinhos acaba sendo um capítulo singular na organização de um casamento.

No meu caso, não poderia ter sido diferente. Muitas leituras feitas sobre o assunto, muitas conversas com Rodrigo e depois de assistir a muitas comédias românticas – KKKK – chegamos a uma decisão: ter apenas um casal de padrinhos (Rafael e Rebeca). A razão é simples. Existe uma “função” específica que deve ser exercida pelos padrinhos e nós não queríamos dividir essa “tarefa” entre várias pessoas.

Se houver outras pessoas que  a noiva ou o noivo gostaria de prestar honras durante o casamento, os sites especializados indicam que se deve dá uma função a essa pessoa querida pedindo que faça uma leitura da liturgia por exemplo. Eu e Rodrigo optamos por colocar duas amigas (uma minha e outra dele) como Demoiselles (em outro post  falarei delas)

Vamos então as atribuições dos padrinhos:

A MADRINHA:

  • Organiza despedida de solteira e/ou chá de cozinha;
  • Ajuda nos preparativos do casamento;
  • Acompanha a noiva na escolha do vestido (esse acompanha significa ajudar a escolher KKKK);
  • Se possível, passa o dia da noiva com a noiva;
  • Recebe o bouquet quando a noiva chega ao altar (mas não precisa ficar com ele a cerimônia toda, pode entregá-lo ao cerimonialistaKKKK).

Portanto, deve ser íntima da noiva, para dar opiniões acertadamente. Alguém que tenha disponibilidade e paciência para estar grudadinha nas escolhas e decisões do casamento. Bater perna, opinar nos serviços… enfim, ser o braço direito da noiva.

Da mesma forma, o noivo não vai ficar desamparado.

O PADRINHO:

  • Organiza despedida de solteiro (ih, não estou gostando disso – KKKK);
  • Torna-se guardião das alianças até a hora em que elas são solicitadas (muitos casais preferem que as alianças entrem no meio da cerimônia. Nós não somos um desses);
  • Faz um brinde e/ou um breve discurso na recepção;
  • Enfeita o carro dos recém-casados.

O padrinho tem que ser, assim como a madrinha, alguém de convívio íntimo, que tenha o que dizer sobre o casal, que os conheça e que esteja disposto a ser o braço direito do noivo no grande dia.

Para tudo isso, existe uma série de regras de etiqueta que vão desde o convite – que não deve ser recusado – até os agradecimentos.

CONVITE DOS PADRINHOS:

O convite aos padrinhos deve ser feito pessoalmente, com os noivos juntos e com grande antecedência.  Se você ler minha AGENDA DE NOIVA, vai ver que foi um dos primeiros itens listados. Tenho visto muitos casais que confeccionam convites específicos lindos e super elaborados para esse fim, mas o convite pode ser feito verbalmente num jantar. Meus padrinhos, por exemplo, foram convidados na copa da minha sogra enquanto estávamos tomando sorvete KKKK.

Atenção: nunca, em hipótese nenhuma, deve-se recusar um convite para ser padrinho ou madrinha. Isso seria uma desfeita sem precedentes. E digo logo, se fosse comigo, pararia de falar com essa pessoa pelo resto da minha vida KKKK!

AGRADECIMENTO AOS PADRINHOS:

Além do convite cheio de pompa e circunstância, os noivos devem a seus padrinhos um agradecimento por tudo que fizeram. Geralmente, entregam-se lembrancinhas personalizadas, diferentes das que são distribuídas aos outros convidados. Pode-se também fazer um agradecimento público durante a recepção e para os casais mais abastados, existe a tradição de oferecer uma jóia à madrinha. Rebeca adorou essa história KKKK!

Quem sabe, que sabe…

7 comentários em “Para que padrinhos?

  • 05/01/2010 em 19:57
    Permalink

    Oi Leninha,
    muito bom saber disso, juro que eu não sabia e olha que já fui Madrinha, mas
    tadinha da noiva não a ajudei em nada e tb não poderia pois na época eu
    morava em Floripa e ela em SP, mas foi legal.

    Beijosss
    PS: Adorei o post, a parte da jóia então 🙂 Quero ser Madrinha de novo…
    ahauahaauaha

    Resposta
  • 07/01/2010 em 18:57
    Permalink

    Meniiiiiina….
    teu site ta taoooo liiiiindo!!! E os textinhos são uma delícia de ler!
    Deve ta dando um trabalhãooo pra manter, mas vale a pena.
    bjuuus

    Resposta
  • 07/01/2010 em 19:48
    Permalink

    Menina, o babado é forte! uHAuhAUha
    Nunca imaginei que Padrinho e Madrinha servisse pra tanta coisa! Pra mim só ficavam lá em pé do lado dos noivos e davam presentes caros! UHAuhAUhAuah

    BEIJOS!

    Resposta
  • 07/01/2010 em 20:55
    Permalink

    Dá um trabalhinho sim, Synthia , mas é um prazer também HIHI!!

    Que bom que você gostou!

    Beijinhos e até!!!

    Resposta
  • 08/01/2010 em 17:57
    Permalink

    Oie!adorei o blog…eu ainda n escolhi todos meus padrinhos…a maioria moram longe!!bjos e boa sorte pra nós noivas!!! 🙂

    Resposta
  • 09/01/2010 em 05:00
    Permalink

    essas preparações do casamento é simplesmente única, tão bom sentir isso aproveite cada momento é muito especial!

    beijocas e felicidades ao futuro casados!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *