Feliz 2016

Bem mais aliviada com o fim de 2015 que empolgada com 2016, comecei o ano tranquila, em casa, com quem mais amo. Por alguns minutos, senti que o mundo deveria ser apenas nós três. Na verdade, na maior parte do tempo, Rodrigo e Dora me bastam. Evitei fazer promessas, mas entrei o ano com muitos desejos no coração: muita saúde, para evitar os sustos do ano passado; força de vontade para além de arquitetar, executar meus projetos; e um casamento abençoado e abençoador. O maior desejo, porém, conservo guardado e não o falo em voz alta nem pra mim mesma.

Ler mais

Todo dia ela faz tudo sempre igual*

Olá, pessoa!! Tudo, bem? Não sei você, mas eu tenho um problema sério em sair da rotina. Tenho preguiça só de pensar em fazer alguma coisa que não faça parte de minha agenda diária. Acredite, nem sempre foi assim. Lembro que quando tinha 18 anos estava pronta para aceitar qualquer convite de última hora  e nem importava se eu passaria a noite toda fora e no dia seguinte tivesse que estar na faculdade oito da manhã. Mas de lá pra cá já se passou mais de uma década 🙁 e muita coisa mudou! Tenho uma má vontade digna de velha

Ler mais

Mãe, quero bolo de chocolate.

Acontece que minha mãe não gosta muito de certas “funções” maternas. Ela sempre foi a diferente. Lembro que, na adolescência, uma amiga minha tinha acabado de partir seu coração com o 4º ou 5º “homem-de-sua-vida” e foi chorar no colo da mãe dela e ouviu o seguinte: – Filha, não chora! Ele não merecia você. Minha mãe, quando ficou sabendo do ocorrido, soltou a pérola: – Que frescura! É, minha mãe é assim. Pior foi quando chegou minha vez de chorar pelo coração partido pelo ex “homem-de-minha-vida“. Não escutei o “que frescura”, ao invés disso, ela me falou: – Ah,

Ler mais

Amenidades

Olá, pessoas! Tudo bom? Depois que eu escrevi o post todo tive de vir editá-lo para acrescentar essa pequena introdução, já que percebi que citei músicas demais durante o texto. Não foi intencional, mas já que saiu assim, resolvi colocar links para elas. Agora, sim, podemos começar nossa conversa. Hihihi! Posso escrever sobre amenidades? Queria mesmo contar do meu dia dos namorados, mas um novo dono achou por bem levar minha câmera de mim e eu fiquei sem fotos do meu dia. Estou bem chateada com isso, então nem vou tocar no assunto, mas Para não dizer que não falei

Ler mais

Ainda é festa

Morar em Recife significa passar o mês de junho em comemoração, e posso garantir que tenho aproveitado ao máximo os feriados não só para descansar, mas para me divertir muito!!! Nem sei ao certo quantos quilos estou ganhando com toda essa comilança, nem quantas horas de sono tenho perdido por causa das festas juninas que incluem em si o aniversário de meu amor. Ele fez 21 aninhos e nos próximos 5 meses eu fico “menos mais velha” que ele hihihi!! Estou cheia de fotos e vídeos, mas como não consegui organizar tudo ainda então espalhei essas imagens só para dar

Ler mais