Saudade dos Amigos

Se ao longo do post você tiver a impressão de que está no blog errado, não se espante. Estou apenas um tanto emotiva, mas garanto que nos próximos posts “voltarei ao normal” hihih!!! Faz tempo que não escrevo aqui e para ser sincera, não senti muita falta do meu blog, senti, na verdade, muita saudade do blog dos outros. Senti falta de ler o que minhas amigas andam escrevendo e de saber como estão passando, se viajaram no feriado ou se ficaram em casa curtindo um bom DVD com uma pipoca bem quentinha. Estou convencida de que o que mais

Ler mais

Cheiroso demais…

É impressionante minha capacidade de fazer besteiras, principalmente besteiras que tenham relação com minha maneira desastrada de viver Às vezes, eu acho que minha casa tem vida e muda as paredes de lugar enquanto eu durmo, porque bater nas portas, tropeças em degraus e esbarrar em móveis são atividades quase que diárias para mim. Todos os dias, religiosamente se ouvem meus gritos de dor. Até enfiar o dedo no ventilador eu já consegui fazer… Mas dessa vez foi tenebroso. Consegui quebrar dois vidros de perfumes diferentes no meu quarto! Estavam novos e conseqüentemente cheios então, dá pra imaginar o cheiro

Ler mais

Tudo e o Casamento

Muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo sempre me fazem surtar. Não sei me dividir em mil e esse é um dos motivos que me fazem não querer ser uma mulher moderna, até porque mulher moderna que é mulher moderna sempre faz mil coisas ao mesmo tempo. Só que essa semana não pude evitar; tive reuniões, correções de prova, preparativos do casamento e problemas de amigos para resolver, além de tudo, ainda adoeci. Resultado: alto nível de estresse, cabelos sujos, unhas quebradas, roídas e descascadas, crises de riso em horas indevidas, olheiras e noites mal dormidas. Uffa! Chegou o fim de

Ler mais

Órfã de Livros, entre outros…

Olá pessoas! Estou oficialmente de férias, embora professores trabalhem muito nas férias também. Até porque as reuniões pedagógicas são feitas nesse período mas, como para mim o ano pára em novembro (quando entro de férias) e só volta a girar depois do carnaval (quando volto à labuta), tenho tempo suficiente para os planejamentos do novo ano e também para atualizar minhas leituras. Sinto-me órfã sem bons livros ao meu lado e com o corre corre não dá mesmo para ler. Acho até que entro num processo de emburrecimento (que bom que essa palavra não existe). E hoje cheguei até a

Ler mais

Doida do shopping…

Sem querer ser chata (mas se precisar, eu até sou), gostaria de deixar registrada aqui toda minha antipatia por um tipinho de gente mal-educada com que nós somos obrigados a conviver. Se existe uma coisa que me tira do sério, é gente mal-educada. Sabe aquele tipo que joga papel no chão, grita em lugares públicos, atende telefone no cinema, não dá a preferência para idosos, fala aqueles palavrões bem escabrosos? Pois é, ODEIO esse tipo de gente!!!! E quanto mais eu tento me distanciar de gente assim, mais perto ficam de mim. Dá pra acreditar que por esses dias, eu

Ler mais