Ai, que medo!

Gente do céu, perdi as estribeiras! Tive uma crise de choro quando meu dentista disse que eu teria de tomar injeções de benzetacil para tratar de uma infecção no 3º molar. Aliás, crise de choro não! Eu fiz um escândalo. Chorei tanto, tanto que minha mãe não queria nem que eu voltasse dirigindo pra casa! Acho que deixei todo mundo da sala de espera com medo, achando que o Drº fez alguma coisa horrível comigo no consultório. hahiahiha! Eu me considero uma pessoa até corajosa! Doo sangue, faço exames, tomo injeção num a boa, mas a tal da benzetacil sempre

Ler mais

Ainda estou aqui!!!!

Oi, Ainda tenho amigas por aqui? Espero que sim, porque além de está morrendo de saudades, estou tão carente de colinho! Tanta coisa aconteceu por aqui que nem sei como explicar. Tudo bem, com o tempo acho que vou colocando todos os assuntos em dia. Vou me ater agora só aos fatos principais. Nesse tempo em que estive off do Sui Generis, minha tia mais velha, irmã de minha mãe, veio morar aqui em casa. É que ela foi diagnosticada com Alzheime e como ela morava em prédio, achou-se melhor ela morar em casa, já que precisa de vários cuidados

Ler mais

Hihih!!!!

Tenho a leve impressão de que estou ficando “doidinha de pedra“. Já disse aqui que sou do tipo que tem crise de risos quando fica nervosa, mas agora estou rindo sem razão nenhuma. Aliás, até que tem uma razão: minha imaginação que anda me pregando peças. Fui à locadora pegar uns DVDs e enquanto esperava na fila, fiquei imaginando coisas, lembrando de meus alunos e pensando nas respostas malucas que eles me dão nas provas. Foi o suficiente para começar a rir. Não um risinho de canto de boca, tive uma crise mesmo, comecei a dar gargalhadas. E quanto maior

Ler mais

Ai, ai, novamente!!!

MAIS DO MESMO Olá, pessoa!!! Se não é a primeira vez que você aparece aqui, é bem provável que conheça o meu famoso estômagoe saiba que ele tem prazos de validades muito curtos. Costuma “funcionar bem” poucas vezes por ano e sem sombra de dúvidas, hoje não é uma dessas raras vezes. Reconheço que, neste momento, a culpa é toda minha! Estou ansiosa demais, comi chocolate demais, fiquei noites acordada demais e o pobre coitado é muito sensível a essas minhas mudanças de humor. Resultado: uma bela crise de gastrite. Quem passa por isso sabe do que estou falando e

Ler mais

Pode rir!

Apesar de tudo que escrevi lá em baixo no mini blog (e recomendo que você leia), sou difícil de esquecer problemas. Penso neles noite e dia. Eles são os senários de meus piores pesadelos, assuntos de minhas conversas mais chatas e temas de meus posts mais esquisitos. Quando o problema é a conta a pagar, aí não tem lexotan que me faça dormir. Então, só para piorar um pouco mais minha situação, vamos acrescentar à minha vidinha mais ou menos um salário que não foi depositado em minha conta, uma crise de gastrite permanete e uma TPM que me bate

Ler mais